Agência Virtual

2ª Via de Boleto
Quero conhecer as vantagens da Agência 24 horas

Vendas

Agora é a hora de investir em imóveis, afirmam especialistas

28/08/2018 por Redação Guarida

Como será o desempenho da economia até o final de 2018 e como isso vai impactar os negócios? A pergunta ronda diversos segmentos da cadeia produtiva brasileira, e não poderia ser diferente no mercado imobiliário.

De acordo com o Gerente de Vendas da Guarida Imóveis, Rafael Spolavori, a favor de quem está pensando em comprar um imóvel, está o controle da inflação, a queda da taxa de juros e a confiança na retomada dos níveis de emprego e renda da população. “Com isso, ocorre a retomada do crédito imobiliário, principalmente através dos bancos privados, que estão muito competitivos”, ressalta.

Este ano mês, por exemplo, a Caixa Econômica Federal anunciou redução nos juros para as linhas de financiamento que utilizam recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo. A taxa mínima caiu de 9% para 8,75% ao ano na compra de imóveis financiados através do Sistema Financeiro Habitacional (SFH), que tem valor de até R$800 mil. Além disso, o banco público reduziu os juros de financiamento de imóveis de valores mais altos que no SFH, que agora são 9,50% ao ano.

Logo após o anúncio do banco público, outras instituições privadas também anunciaram redução na taxa de juros para financiamento imobiliário, como o Bradesco e o Santander.

Assim, é esperada uma redução significativa dos imóveis em estoque, além de um novo fôlego para a Construção Civil. “Há uma perspectiva de retomada de lançamentos imobiliários para os mais diversos nichos, os quais movimentam o mercado como um todo”, explica Spolavori.

Segundo ele, este cenário permite às pessoas interessadas em comprar um imóvel a possibilidade de negociação facilitada junto às incorporadoras, tanto em campanhas de estoque de prontos para morar como em pré-lançamentos ou lançamentos.

Em termos de lançamentos, um dado que mostra o otimismo do setor, é a retomada de novas unidades. Dados da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) mostram que, em abril, os novos empreendimentos cresceram 22,8% em comparação ao mesmo período do ano passado.

Para quem tem alguma reserva e pode investir, portanto, a compra de um imóvel é uma ótima oportunidade para se antecipar aos sinais de recuperação e conseguir melhores negociações.

“Sempre a melhor maneira de conseguir descontos agressivos e aumentar o poder de barganha junto aos vendedores é através do pagamento à vista, principalmente no momento atual de mercado”, observa o Gerente de Vendas da Guarida.

Embora não possuam a mesma liquidez que ações e demais aplicações financeiras, imóveis são investimentos seguros. “Investir em imóveis é investir na construção de um patrimônio sólido, seguro e com liquidez, mediante a valorização do imóvel ao longo do tempo e da possibilidade de uma futura locação que pode gerar uma renda fixa”, afirma Spolavori.

Ele ressalta, ainda, que a melhor dica para quem quer comprar um imóvel é pesquisar com calma nos mais diversos agentes financeiros e contar sempre com o acompanhamento de um corretor de imóveis credenciado, profissional este que irá auxiliar o cliente durante todo o processo de compra.

 

Sobre o autor

Redação Guarida

Anterior Próximo

Deixe o seu comentário

Indique este post

Por favor, preencha os dados abaixo: