ico-calendar-svg-cesar slogan-pra-voce-viver-melhor

Agência Virtual

2ª Via de Boleto
Quero conhecer as vantagens da Agência 24 horas

Condomínios

Dia Mundial da Água: como podemos fazer a nossa parte?

22/03/2016 por Redação Guarida

O dia 22 de março não é apenas uma data para lembrarmos da importância da água para o nosso planeta, mas também é um dia de conscientização do uso do maior bem que temos na Terra. Estudos recentes apontam que cerca de quatro bilhões de pessoas passam pelo menos um mês ao ano em situação de alta escassez de água. Assim como o homem foi responsável por diversos danos à natureza, alterando suas características, é ele mesmo quem pode reverter este cenário. Pensando nisso, a Guarida Imóveis, reconhecida por sua trajetória e amadurecimento nas relações de consumo e no respeito ao meio ambiente, dá dicas sobre como fazer sua parte na preservação do recurso natural.            
 
No dia 22 de março de 1992, a Organização das Nações Unidas (ONU) criou o Dia Mundial da Água. A iniciativa tinha como objetivo promover uma reflexão sobre os impactos do ser humano no meio ambiente, mesmo assim as mudanças permanecem sendo sentidas.
 
Para atuar de maneira consciente e sustentável, a Guarida recomenda:
 
Banho
Em um banho de 15 minutos cerca de 135 litros de água são consumidos. Tomar banhos rápidos e fechar o registro enquanto se ensaboa ou passa shampoo/condicionar pode reduzir mais de 50% da quantidade, sem contar a economia de energia. Em casos de chuveiros a gás, a dica é colocar baldes embaixo do chuveiro enquanto a água esquenta e reutilizá-la na descarga, por exemplo.
 
Banheiro
A troca de vasos sanitários significa economia. As bacias e válvulas mais antigas despejam entre 12 e 24 litros de água por descarga. Já os vasos com caixa acoplada diminuem esse volume para 6 litros.
 
Lavanderia
Acumular roupas para realizar uma única lavagem no tanque, ou usar a capacidade máxima da máquina pode reduzir bastante o consumo. Nas máquinas, ajuste o nível da água para apenas a quantidade necessária.
 
Torneiras
Torneira aberta é sinônimo de desperdício. Tanto na cozinha, quanto no banheiro, a torneira pode ser aberta posteriormente aos afazeres. Para escovar os dentes e lavar a louça não é necessário água corrente, dessa forma é possível economizar.
 
Reaproveitamento
Alguns condomínios optam por construir reservatórios para armazenar a água das chuvas ou reaproveitar. Essa água seria usada para a limpeza de áreas comuns e regar os jardins.
Inspeções de rotina contra vazamentos
Em condomínios, a melhor medida para a economia de água é a vistoria periódica de todas as válvulas e torneiras do edifício. Assim, a cada seis meses, a medida deve ser colocada em pauta e votada em assembleia.
Lave o carro a seco
Se o prédio tem espaço para lavar o carro, opte por usar um líquido em spray e panos descartáveis ou de microfibra. É possível limpar o automóvel sem uma gota d’água.

Sobre o autor

Redação Guarida

Anterior Próximo

Deixe o seu comentário