slogan-pra-voce-viver-melhor

Agência Virtual

2ª Via de Boleto
Quero conhecer as vantagens da Agência 24 horas

Condomínios

Como funciona o microchip para cães e gatos?

04/09/2018 por Redação Guarida

De acordo com o IBGE, o Brasil está em segundo lugar no ranking mundial dos pets, com uma população total de 32 milhões de animais, entre cães, gatos e aves domésticas. Assim, para tornar mais prática a identificação destes inseparáveis companheiros, muitos donos têm optado pela implantação de microchip em seus pets.

Menor que um grão de arroz, o microchip é o mais moderno sistema eletrônico de identificação de animais, com código numérico inalterável e único no mundo. Sua aplicação se assemelha a uma vacina, sendo totalmente estéril e indolor para o seu melhor amigo. Os microchips são revestidos por um polímero biocompatível, portanto não quebram, nem deslocam-se sob a pele, oferecendo muito mais segurança ao animal.

Por que é importante?

A identificação eletrônica ou microchip funciona como um RG dos PETs e já é obrigatória em muitas cidades brasileiras e em países como Japão e Taiwan. Por meio dela, o animal pode ser identificado em clínicas veterinárias que usam leitores de microchip, inclusive com histórico de atendimentos.

Além disso, cães e gatos roubados ou perdidos podem ser localizados e identificados através do sistema.

Todos os dados do animal e seu dono são armazenados no dispositivo e em um banco de dados universal.  Basta acionar o serviço e, em poucos minutos, seu bichinho é encontrado!

Como microchipar meu animal?

Basta contratar o Seguro Conteúdo Premiado + PET Protegido Guarida, que garante a proteção contra imprevistos que possam gerar perdas no interior do seu imóvel e ainda oferece mais de 10 tipos de assistência para o seu melhor amigo, inclusive a microchipagem!

Proteja seu companheiro inseparável e o seu lar. Contrate aqui o Seguro Conteúdo Premiado + PET Protegido Guarida.

 

Sobre o autor

Redação Guarida

Anterior Próximo

Deixe o seu comentário